quarta-feira, outubro 26, 2005

Algodão-doce

É doce e levíssimo!
Desfaz-se na boca e cola-se às mãos, à ponta do nariz, aos cabelos, e a tudo o que encontra pelo caminho. Os mais afoitos abrem muito a boca e dão-lhe grandes dentadas. Os mais cautelosos, retiram-lhe pedaços pequenos, com as pontas dos dedos, e metem-no cuidadosamente na boca. Sabe a infância, feira, diversão, risos e beijos peganhentos.
É boooommmmm, todos os dias!

Circuncisão reduz risco de contrair HIV
Distribuídos 330 mil 'mini-pilhões'
Crianças já têm sindicato para falar de coisas sérias
Novos vôos da Easy Jet vão trazer 500 milhões
Relatório da competitividade propõe redução do IRC
Galp baixou preço das gasolinas
Parlamento cria grupos de trabalho para seca e fogos
O riso como arma que desmascara
Meda - Escola primária passa a Centro de Dia
Marinha Grande - Almoço à beira-mar para 192 seniores
Porto - Germano Silva lega espólio ao Arquivo
Cientistas dizem que biodiversidade pode ajudar a travar doenças como a SIDA e a gripe das aves
Parlamento Europeu quer duplicar montante das bolsas Erasmus até 2013
Algarve - 50 países vão discutir futuro diálogo intercultural

3 comentários:

Humor Negro disse...

Olha que noticia porreira. Gasolina mais barata. O algodão doce é porreiro mas engorda pra caraças.

peciscas disse...

O da minha infância era sempre branco!

amie disse...

e é uma lambuzice!:)
aí nas notícias positivas só faltou que a amie fazia anos!:D:D:D
um beijinho