segunda-feira, outubro 17, 2005

Quentes e boas (2)!

O cheiro das castanhas assadas já anda por aí, a anunciar o inverno e a convidar-nos à gula, ignorante de todas as regras para uma alimentação saudável e equilibrada! Os carrinhos continuam a ser verdadeiros hinos à capacidade de improviso nacional e a uma imaginação que teima em não se deixar morrer. A UE ainda não conseguiu fazer publicar lei que proíba os cartuxos feitos com páginas de jornal ou de listas telefónicas. E ainda não ouvi o pregão do costume dito com sotaque de outras paragens!
São quentes e boas, e ainda se vendem à dúzia, coisa que vai sendo cada vez mais rara!
Continuam a aquecer-nos as mãos e o coração, enquanto nos sujam as pontas dos dedos, indiferentes aos malabarismos que fazemos para não nos queimarmos mais. E trincá-las sem queimar a língua ... quem consegue????

Pois aqui fica uma dúzia de notícias, quentes e boas, como as castanhas, para mastigar sem cuidados especiais!

'Vila Verde no Guiness. Nota alta para 645 concertinistas.'
Minho e Galiza criam comunidade
Santarém: rede anti-pobreza lança projecto
Ponta Delgada: marcha por uma boa alimentação
Bom final de temporada para Tiago Monteiro
Porto: novos recordes no metro com enchente no Dragão
Século e meio de história da indústria conserveira
Escola de bombeiros já formou 1800 chefes
Empresas lusas expõem produtos
Exposição apresenta obras de 14 artistas portugueses em S. Paulo
1º Festival das companhias de teatro descentralizado começa hoje em Faro
DGV cria base de dados com nome de peões infractores

1 comentário:

amie disse...

bem boas...e caras, bolas!:D